RECRUTAMOS, SELECIONAMOS, FORMAMOS E COLOCAMOS EMPREGADAS DOMÉSTICAS!

ATÉ 5 OPÇÕES EM 48H  

mobile-icon
PROCURA EMPREGADA? +258 21 498 182

0 cart - MT0.00

Empregadas domésticas

Serviço de contratação de Empregadas domésticas

Product

Serviço de contratação de Empregadas domésticas

Quer contratar uma empregada doméstica? Neste texto mostramos-lhe tudo o que precisa saber para decidir o tipo de empregada doméstica que precisa e quando deve começar a procurar este serviço.

Esclarecemos todos os passos e apresentamos as vantagens de recorrer a uma agência profissionalizada em recrutamento e seleção de profissionais como a Family First.

Também pode aceder a informação mais específica de empregadas domésticas internas ou empregadas domésticas externas.

Podemos também ajudar a recrutar alguém que cuide de crianças (serviço de babysitting).

Fale connosco. Estamos à sua disposição.

Já pensou em contratar uma empregada doméstica mas desconhece qual a sua remuneração?

Uma empregada doméstica implica um valor bastante em conta para casais com rendimentos médios.

Uma empregada doméstica, ao contrário do que se possa pensar, não é um serviço dispendioso.

Actualmente, é possível dispor dos serviços de uma empregada doméstica externa, a tempo inteiro, por cerca de 650 euros mensais. Por pouco mais, é mesmo possível ter uma empregada doméstica interna, que durma em casa do casal e apenas folgue ao fim-de-semana.

Se se fizer as contas, o serviço é bastante mais económico do que se possa pensar.

Porque deve recorrer a uma agência profissional de recrutamento e selecção?

As vantagens são inúmeras, mas as duas mais importantes salientam dois dos grandes motores que fundamentam a nossa praxis diária: Tempo e Confiança

Ao recorrer à Family First para contratar uma empregada doméstica, estará a optimizar o seu tempo e a beneficiar da confiança que uma empresa credível no mercado nacional e internacional lhe dá no recrutamento, seleção e pós-seleção de profissionais altamente qualificados para a função.

Em baixo respondemos às questões mais frequentemente colocadas pelos nossos clientes. Se após a sua consulta ainda tiver dúvidas, fale connosco.

Como funcionam os vossos honorários na contratação da empregada?

Quando um cliente pretende contratar uma empregada doméstica, seja empregada doméstica interna ou empregada doméstica externa, o nosso processo de honorários é semelhante, já que remete para o serviço de recrutamento e seleção (R&S) (permanente e/ou de solicitações ocasionais).

Para o estabelecimento dos honorários há algumas variáveis a ter em conta:

  • Localização
  • Categoria profissional
  • Horário pretendido

Se o cliente pretender o serviço para a grande área de Lisboa, então poderá consultar o nosso valor estabelecido na “Tabela de Honorários” do ano vigente, para categorias profissionais no segmento familiar, do seguinte modo:

  • R&S Permanente – no dia em que o candidato iniciar funções ao serviço do cliente (sucess fee);
  • R&S Solicitações Ocasionais – na adjudicação e abertura do processo.

Qual o vosso período de garantia? E há limite no número de substituições?

Na eventualidade de haver desistência por parte do cliente ou do candidato seleccionado, o cliente sabe que pode contar com a Family first para recomeçar o processo de recrutamento. Assim, se o contrato laboral for interrompido até à 12ª semana, iremos trabalhar para encontrar um substituto, sem custos adicionais para o cliente.

Para a contagem das 12 semanas (período de garantia), considera-se desde o 1º dia de prestação de serviço efectivo da empregada doméstica no cliente.

Family First é confiança. Conte connosco!

Pago alguma coisa se não ficar com alguma das vossas candidatas?

Caso o cliente não deseje prosseguir com a contratação de uma empregada doméstica recrutada pela Family First, não terá de nos pagar nada.

É responsabilidade da nossa agência recrutar profissionais de alta qualidade que se ajustem perfeitamente ao perfil do cliente. Se tal não acontecer e o cliente pretender repetir o processo de recrutamento, cabe-nos recomeçar e satisfazer os objectivos traçados.

Tornamos fácil um processo de alta confiança e responsabilidade. Contacte-nos.

Quanto tempo demora a gestão do processo de R&S?

O tempo poderá ser tanto maior quanto mais criteriosas forem as condições do contrato, nomeadamente se a função for desempenhada no estrangeiro, ou se for necessário que a empregada doméstica fale e escreva em idiomas estrangeiros.

Caso contrário, o processo é relativamente rápido e subdivide-se nas seguintes 5 etapas:

1ª ETAPA – Receção do Pedido

Inicialmente apuramos as exigências da função e as características do perfil do profissional a contratar;

2ª ETAPA – Recrutamento & Entrevistas

Nesta fase acionamos as fontes de recrutamento mais eficazes na contratação de uma empregada doméstica, como por exemplo: anúncios, base de dados e networking.

Logo de seguida efectuamos uma triagem e analisamos os currículos dos candidatos.

Depois de analisarmos um primeiro “match” entre as necessidades do cliente e as competências do profissional, realizamos entrevistas e avaliamos em maior profundidade o perfil do candidato.

3ª ETAPA – Preparação do Processo de Seleção

Antes de finalizarmos a pré-selecção de uma empregada doméstica, confirmamos referências e solicitamos o registo criminal. Somente após termos esta fase finalizada é que apresentamos os candidatos ao cliente.

4ª ETAPA – Seleção do Profissional

Após o cliente indicar qual o candidato preferencial, finalizamos o processo orientando o cliente e o candidato na celebração do contrato de trabalho e quaisquer questões burocráticas e/ou legais.

5ª ETAPA – Follow Up

Por fim na 5ª e última fase fazemos uma avaliação da satisfação do cliente e do candidato.

A Family First desenvolve processos de R&S para solicitações ocasionais?

Sim. Existem dois tipos de processos de recrutamento e selecção: o R&S Permanente e o R&S Solicitações Ocasionais.

Sempre que é criado um vínculo contratual contínuo entre o cliente e o candidato, considera-se que o recrutamento e seleção é permanente. Se o vínculo for pontual, sem continuidade contratual, considera-se  que o recrutamento e selecção é ocasional.

Se pretende uma empregada doméstica pontualmente, o serviço deverá ser-nos requisitado com uma antecedência de 48 a 72 horas.

Quando o processo de recrutamento e selecção chega ao fim, a retribuição do ordenado ou da prestação de serviços permanente ou ocasional respectivamente, será da responsabilidade do cliente.

Se tem necessidades adicionais, contacte-nos.

De quem é a responsabilidade de pagar o ordenado à empregada?

Depois da Family First recrutar a empregada doméstica, cabe ao cliente seleccionar o candidato e estabelecer com ele uma relação contratual.

Nessa altura a Family First orienta o processo contratual com a celebração do contrato de trabalho, protegendo os interesses de ambas as partes (cliente e profissional contratado) e a comunicação à Segurança Social.

Após a assinatura do contrato, o cliente inicia a relação laboral e é responsável pelo pagamento do salário ao profissional. Sempre que necessário pode tirar dúvidas connosco.

Qual a remuneração da empregada que trabalha à hora, a ½ tempo, tempo inteiro e interna?

Todas as empregadas domésticas devem receber, no mínimo o salário mínimo nacional, ainda que a remuneração deva ser o resultado de uma equação que pondera diversas variáveis, como sendo:

  • o tempo contratado,
  • a natureza das funções e tarefas a desempenhar,
  • a localização geográfica da prestação de serviços,
  • as deslocações necessárias,
  • entre outros.

Se quiser saber como pode remunerar a sua empregada doméstica, então conte com 3 formas distintas:

  • ao mês,
  • à semana ou
  • ao dia.

Se contratadas para o serviço doméstico, as candidatas também cozinham?

Sim, já que formalmente estão incluídas dentro da categoria de empregada doméstica, as seguintes funções:

  • Confecção de refeições;
  • Lavagem e tratamento de roupas;
  • Limpeza e arrumo de casa;
  • Vigilância e assistência a crianças e pessoas idosas;
  • Execução de tarefas externas relacionadas com as anteriores;
  • Execução de serviços de jardinagem;
  • Execução de serviços de costura;
  • Coordenação e supervisão de tarefas do tipo das mencionadas neste número;
  • Quaisquer outras actividades de carácter similar consagradas pelos usos e costumes.

Se tem necessidades adicionais, contacte-nos.

Quais as responsabilidades obrigatórias na contratação da empregada (contrato de trabalho, segurança social, subsídios, seguro de acidentes de trabalho)?

É uma excelente pergunta já que na sua maioria os nossos clientes desconhecem a parte mais burocrática do processo de contratação. Assim cabe-nos esclarecer que, após contratação, a sua empregada doméstica tem direito a:

  1. celebrar um contrato de trabalho escrito
  2. descontar para a segurança social
  3. receber subsídio de férias
  4. receber ubsídio de natal
  5. beneficiar de um seguro de acidentes de trabalho

NOTA:

  1. no primeiro ano do contrato de trabalho, o valor dos subsídios são proporcionais aos meses efectivamente trabalhados.
  2. apesar de não ser obrigatória a escrita de um contrato de trabalho, é importante informarmos os nossos clientes de que a ausência da escrita significa que o contrato vigente será automaticamente considerado “sem termo”, e tal poderá ser prejudicial para o nosso cliente.
  3. independente do tipo de contrato a celebrar escrita ou verbalmente, é obrigatório a existência de um certificado de trabalho que explicite o volume de horas trabalhadas, bem como o salário pago.

Quais os descontos que tenho de fazer para pagar a segurança social da minha empregada doméstica?

Após o início da relação contratual entre o cliente e a empregada doméstica, há que comunicar o início desta relação laboral à Segurança Social. Em seguida, mensalmente, tem lugar um pagamento da responsabilidade do cliente, que varia consoante o tipo de trabalho for convencional ou real.

A empregada doméstica pode escolher entre declarar o seu salário real ou declarar um valor pré-definido – convencional.

1.- Trabalho Convencional:

  1. 17,4% ficam a cargo do cliente (entidade patronal)
  2. 9,3% ficam a cargo da empregada

2.- Trabalho real:

  1. 20,6% ficam a cargo do cliente (entidade patronal)
  2. 11% ficam a cargo da empregada

O cliente (entidade patronal) deverá então descontar do salário da empregada doméstica  a parte que é paga pelo trabalhador à Segurança Social e entregá-la, juntamente com o valor pago por si próprio.

Se a empregada doméstica receber à hora, então há um mínimo a declarar, que será sempre igual ou superior a 30h por mês, mesmo que o trabalho efectivo seja inferior às mesmas.

De notar ainda que anualmente, a entidade patronal deverá declarar os montantes pagos no ano anterior, através do preenchimento do Modelo 10

Recrutar Empregada Doméstica agora!